Bienal do Livro

          Oi, gente! Andei meio sumida aqui do blog, mas agora as coisas vão voltar ao normal. Enfim, vocês provavelmente sabem que no início desse mês rolou a Bienal do Livro aqui no Rio. Algumas blogueiras como a Bruna Vieira (do Depois dos Quinze) e a Babi Dewet (do GD Entretenimento), assim como autores consagrados como Nicholas Sparks (autor de Dear John, The Notebook e The Last Song entre outras obras) estiveram lá autografando seus livros e dando palestras. E eu, como amo ler, não podia deixar de dar uma passada lá, então venho aqui contar a minha experiência no evento. Espero que vocês gostem e possam aproveitar algumas das dicas que eu vou dar aqui para as próximas edições. Bom, vamos ao post!

       
  Bom, minha saga foi longa. Ir à Bienal não foi exatamente fácil. Tentei ir no primeiro sábado, fiquei presa no trânsito uns 50 minutos e desisti, pois já estava tarde e não daria tempo de ver nada direito. Pois bem, tinha quase desistido quando meus amigos me chamaram pra ir no dia 7 de setembro, então eu pensei “porque não?” e fui. Cheguei lá umas 4 horas e me surpreendi: não peguei trânsito nenhum até praticamente a porta do RioCentro. Pra entrar também foi super tranquilo. Não tive que ficar na fila, mas mesmo que precisasse, a fila estava bem pequena comparada ao que eu ouvi por aí.
          Entramos pelo pavilhão verde, que estava super tranquilo. Sem fila nenhuma pra comer, ir ao banheiro etc. Os stands não nos agradavam muito nesse pavilhão, então fomos pro azul, onde ficavam os stands da Leya, Intrínseca, Rocco, Saraiva, Sextante, Arqueiro etc, e nos deparamos com um pavilhão apinhado de gente. Alguns stands estavam tão cheios que eu até desisti de ver. Pois bem, fui nos stands que eu queria ir e comprei o que eu queria comprar (haja coragem pra comprar alguma coisa lá, só na Leya fiquei quase uma hora na fila e na Intrínseca tinha fila até pra entrar) e eis o meu saldo de livros:

          Eu sei, bastante coisa. Mas por um lado eu não preciso mais comprar livro pelos próximos meses. Ah, uma dica. Se você ama ler que nem eu e pretende comprar bastante coisa, leva uma mala. É sério. Quase morri tendo que carregar tudo isso em sacolas.
          Conforme o tempo foi passando, tudo começou a esvaziar. Quando eram umas 7h, as filas já estavam bem menores e o pavilhão bem mais vazio. Sentamos tranquilamente pra comer, as barraquinhas de comida estavam sem nenhuma fila, o que me leva a crer que o quanto mais tarde você chegar, melhor. Mais uma dica: tentem ir de noite. Por mais que você tenha menos tempo, vai economizar muito tempo com as filas menores.
          Por fim, chegou a hora de ir embora. Se você for de ônibus pra Bienal, prepare-se. A fila pra voltar é MONSTRUOSA. Se você puder, separa um dinheirinho pra pegar um taxi pra casa ou pelo menos pra algum lugar mais tranquilo pra pegar o ônibus. Depois de pegar tanta fila o dia todo, ninguém merece ficar um tempão na fila pra pegar ônibus.

          Então, gente, essa foi minha passada pela Bienal. Queria ter ido mais algum dia e queria ter assistido algumas palestras, mas quem sabe em 2015. Espero que tenham gostado do post, e comentem aqui em baixo contando as experiências de vocês também. 
          Até a próxima,

Um comentário sobre “Bienal do Livro

  1. Pareceu ser muito boa essa bienal do livro, tirando as partes das filas né kk. E essas compras hein.. Mas é assim, gostamos do autor daí compra, achamos a capa chamativa e o nome legal daí compramos, achamos tantos legais que as vezes acabamos nos descontrolando, rs'
    Estação Sweet/
    Bjs

  2. Eu amo literatura e adoraria visitar a Bienal… se não fosse tão insuportavelmente lotado (e longe pra mim). Na última vez que fui me arrependi demais, filas enormes, perrengue para ir e para voltar… Uma pena, já que adoraria ter visto as novidades.

  3. Guinis linda! 😉 Jogos Vorazes é amor, sou completamente apaixonada por esse série, e Ponto de Impacto é maravilhoso, apesar de que eu tenho medo do assunto desse livro, haha. Coisa besta, eu sei. Fazem ANOS que eu não vou na Bienal. ): Beijos, beijos. http://www.heyliih.com

  4. Queria muito ter ido na Bienal do Livro, nunca fui em nenhuma pois moro no ES ai fica difícil. Adorei o post e os livros que comprou por um preço super em conta que eu sei, ahh como eu queria ter ido hehe Quero uma resenha do 'Ponto de Impacto', hein! Seguindo o blog *-*

    Vem no Just Babis (:

  5. Eu ameeeeeeei Jogos Vorazes! Ponto de Impacto eu comprei esperando muito e espero que supere as minhas expectativas hahahaha E quem sabe você consiga vir em 2015 ou ano que vem aí em SP 🙂 hehe Beijos ♥

  6. Imagino que seja difícil sair daí pra outro estado pra ir à Bienal, mas quem sabe você consiga se planejar e vir em 2015? 🙂 Enfim, fico feliz que tenha gostado! ♥ Pode deixar que faço a resenha sim hehe Beijos! ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *