Um passeio pelos estúdios do Harry Potter!

          Quem já deu uma passada na página da equipe sabe que eu amo ler. O que vocês ainda não sabem é que eu sou uma grande fã da saga Harry Potter. Em março desse ano, fiz uma viagem à Europa e conheci a cidade dos meus sonhos: Londres. Londres é maravilhosa, e prometo contar mais sobre a viagem por aqui. Mas hoje, o assunto é um dos passeios que eu mais gostei de ter feito nas terras da rainha: A tour pelos estúdios de gravação de Harry Potter.
        Fui pra Londres com uma amiga e meus pais, e, desde antes de planejar a viagem, já tinha vontade de conhecer os estúdios. Saímos do Brasil com essa visita como prioridade nos planos. Chegando lá, fomos atrás de empresas de turismo que faziam esse passeio, e felizmente não foi difícil de encontrar. Em vários pontos da cidade, existem paradas de ônibus de empresas que fazem tours por Londres. Em uma dessas paradas, conversamos com uma brasileira que trabalhava em uma dessas empresas e ela nos disse para visitar o centro de visitantes e procurar o tour por lá. Seguimos as instruções dela e fomos ao tal centro de visitantes. O tour não é nada barato. Custou 57 libras, o que dá em torno de 170 reais, incluindo os ingressos e o traslado até os estúdios, mas, pra quem é fã, vale cada centavo.
         No dia do passeio, voltamos ao centro de visitantes para pegar o ônibus. Nosso grupo era pequeno, não sei se porque fui em baixa temporada ou se tinha algum outro motivo, mas eu acho que foi melhor assim. Pegamos o ônibus, que fez algumas paradas pra pegar mais gente, até que saímos de Londres. O traslado entre o centro de visitantes e o estúdio levou mais ou menos umas duas horas. Chegando lá, nos deram nossos ingressos e entramos no set. E aí, a magia começou.
          Quando entramos no set, já nos deparamos com a gigantesca loja de souvenirs, que também pode ser chamada de “o céu pra minha fã interior” ou “o inferno pro meu bolso”. Não tem como entrar lá e não querer comprar TUDO! Lá você encontra muita coisa maravilhosa, desde pelúcias da Edwiges até doces da dedosdemel.
           Depois de dar uma olhada na loja de souvenirs, entramos na fila para começar o tour. De primeira, entramos numa sala onde passou uma breve introdução sobre como tudo começou. Quem descobriu os livros da J.K., quem teve a (maravilhosa) ideia de transformar tudo em filme, e como tudo isso cresceu. Eu, obviamente, já desatei a chorar. Eu sei, sou uma boba. Mas enfim. Depois desse vídeo, entramos em uma sala de cinema, onde passaram um outro vídeo pra gente. Esse vídeo era mais sobre como era o tour, sobre a vida nos sets de filmagem, etc. E eu, mais uma vez, chorei. Enfim, passados esses vídeos e o chororô, entramos no salão comunal. É impossível explicar o sentimento de entrar ali. Impossível. Parece que você finalmente faz parte de um mundo que você acompanhou por toda a sua vida sem nunca imaginar que ia fazer. É um sonho se realizando.

          Dentro do salão comunal, nosso guia nos deu uma breve explicação de como se daria o tour e sobre algumas coisas que estavam ali. Desde roupas usadas pelos personagens em diversos filmes, até as ampulhetas que contam os pontos de cada casa. É maravilhoso ver isso tudo de perto. Depois do salão comunal, cada um seguiria seu próprio caminho, ou seja, sem o guia. Finalmente estávamos livres para explorar a magia daquele lugar. 
          O salão depois do salão comunal era mais parecido com um galpão gigantesco, onde se espalhavam vários cenários (a Toca, o dormitório dos meninos, o salão comunal da grifinória, a cabana do Hagrid, a sala do Dumbledore, etc), várias roupas, perucas, objetos vistos nos filmes (a pedra filosofal, o cálice de fogo, a taça do torneio tribruxo, bolas de quadribol, a penseira, entre incontáveis outros). Queria poder mostrar tudo aqui, mas aí vão algumas fotos:

O dormitório dos meninos
Gota de limão!

          Depois desse salão maior, passamos por uma série de salinhas menores, onde você pode gravar algumas cenas (você jogando quadribol ou participando da cena do carro voador do segundo filme) e aprender a usar uma varinha. Eles tiram fotos suas e você pode comprá-las depois. Dá um pouco de vergonha, mas todos são super simpáticos e te fazem sentir à vontade. 
          E aí vem minha parte favorita do passeio: a parte externa. Essa parte foi uma das que mais me emocionaram. Lá, você pode ver a famosa ponte de Hogwarts, a antiga casa dos Potter em Godric’s Hollow, o carro voador dos Weasley, a moto do Hagrid, tem um stand onde você pode comprar cerveja amanteigada (que é uma DELÍCIA, por sinal), o nôitibus andante, o túmulo de Tom Riddle e a casa na Rua dos Alfeneiros número 4.
Eu na ponte de Hogwarts
Nôitibus andante

Cerveja amanteigada!

Rua dos Alfeneiros, número 4
          Depois dessa parte externa maravilhosa, vem nada mais nada menos que o Beco Diagonal! Acho que não preciso nem dizer o quanto eu amei estar no Beco. Foi incrível poder olhar a vitrine de todas as lojas como se eu realmente estivesse fazendo compras pro meu próximo ano em Hogwarts (Ha! Sonha, Agnes!)
Madame Malkin’s

Ollivanders
           Depois do Beco Diagonal vem uma das minhas partes favoritas, que é onde eles mostram os desenhos, maquetes etc que deram origem aos cenários dos filmes. Eu adorei essa parte porque mostra o processo criativo antes de se tornar o que vemos na tela do cinema.
Maquete de Hogsmeade.
          E aí vem a melhor parte de todas. O gran finale. A maquete enorme do castelo de Hogwarts. Esse foi, com certeza o melhor momento do tour. Não tem explicação para o que é estar vendo aquilo na sua frente, me dá arrepios só de lembrar.
          E, com isso, a tour (infelizmente) chega ao fim, e o post também. Espero que tenham gostado, e que tenham sentido o gostinho do que é estar lá e ver tudo isso.

Um comentário sobre “Um passeio pelos estúdios do Harry Potter!

  1. Ai, que sonho! Sou muito fã de Harry Potter também, consigo sentir daqui a tua emoção em estar lá! Espero poder visitar qualquer hora <3
    Ah, e conta mais sobre a sua viagem! Beijos

  2. OMMMMMG *o* Amei muito esse post (fã de Harry Potter como sou não tem como não amar né hahaha). Isso é uma das coisas que quero fazer na minha vida: visitar Londres > Visitar este lugar fantástico > Torrar meu dinheiro enlouquecidamente *sonha* kkkkkkk
    Beijokas, até mais :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *